Grosjean fecha em 1º treino marcado por acidente de Alonso

Piloto francês ficou exatos 0s254 à frente de Nico Rosberg, da Mercedes, o segundo mais veloz deste último dia de treinos em Montmeló

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Francês registrou a melhor volta dos quatro dias de ensaios em Barcelona ao marcar 1min24s067 com seu Lotus
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Francês registrou a melhor volta dos quatro dias de ensaios em Barcelona ao marcar 1min24s067 com seu Lotus

Romain Grosjean encerrou a segunda sessão de treinos da pré-temporada da F-1 com a melhor volta dos quatro dias de ensaios em Barcelona ao marcar 1min24s067 com seu Lotus.

O piloto francês ficou exatos 0s254 à frente de Nico Rosberg, da Mercedes, o segundo mais veloz deste último dia de treinos em Montmeló antes da pausa de três dias que as equipes usarão para trabalhar em seus carros. Daniil Kvyat colocou a Red Bull no terceiro posto, logo à frente de Felipe Nasr.

O piloto brasileiro, que teve problemas em seu Sauber pela manhã e só completou 3 giros, voltou à pista na parte da tarde e fez mais 70 voltas, a melhor delas em 1min24s956. Valtteri Bottas, da Williams, completou o dia com o quinto melhor giro.

Carlos Sainz fez a sexta melhor volta, imediatamente à frente de Sebastian Vettel, da Ferrari. O alemão completou 76 giros, o melhor em 1min26s312. Nico Hulkenberg, da Force India, ficou com o oitavo melhor tempo, seguido por Fernando Alonso.

O espanhol foi o protagonista do maior susto do dia em Montmeló por conta de um acidente sofrido pela manhã. O piloto espanhol bateu seu McLaren na curva 3 e, depois de ser examinado no centro médico do autódromo espanhol, foi levado a um hospital em Barcelona para realizar testes complementares.

A equipe inglesa ainda não divulgou detalhes do acidente, que não pôde ser visto pois não havia câmeras no local da batida. De acordo com a McLaren, no entanto, Alonso esteve todo tempo consciente e a tomografia computadorizada não revelou nenhuma lesão.

De acordo com o empresário do piloto, Luis Garcia Abad, ele deve permanecer em observação por 24 ou 48 horas como precaução. Alonso não foi o único a acidentar-se neste domingo em Barcelona.

Seu compatriota, Sainz, bateu na mesma curva que o piloto da McLaren, mas foi liberado logo depois de ir ao centro médico do circuito.

"Ventava muito hoje aqui na pista e isso certamente não ajudou as coisas. Até a hora da batida eu estava me sentido muito bem no carro e bastante confiante. Mas estas coisas acontecem e o mais importante é que estou bem."

Leia tudo sobre: fórmula 1grosjeantreinoacidentealonso