Criança de seis anos é baleada na cabeça por inquilino do seu padrasto

Menina precisou ser transferida para o João XXIII, na capital mineira; suspeita inicial da polícia é que tenha ocorrido um disparo acidental

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Uma criança de apenas seis anos está entre a vida e a morte no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, após ser baleada na cabeça pelo inquilino do seu padrasto, em Nova Lima, na região metropolitana da capital. A suspeita inicial é de que o disparo tenha sido acidental. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu por volta das 11h30 na casa da família da vítima, onde o suspeito que é conhecido como "Cão", de 20 anos, aluga um cômodo. A corporação foi acionada já no Hospital Nossa Senhora de Lourdes, no município, onde a mãe da criança contou o que aconteceu. 

O padrasto da menina relatou que o suspeito vive na parte de baixo do imóvel e que ouviu o momento em que ele subiu para o andar de cima chamando por ele. Instantes depois, o homem ouviu o disparo e viu o inquilino fugindo com a mão na cintura e dizendo que havia acertado a garota.

Devido à gravidade dos ferimentos, a criança foi transferida para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII, no Centro da capital mineira, onde segue sendo atendida. Segundo a assessoria da unidade hospitalar, o caso dela é gravíssimo. 

Ainda conforme a PM, foi feito um intenso rastreamento na região com o objetivo de deter o acusado, entretanto, ele ainda segue foragido. As buscas continuam acontecendo.

Na casa onde aconteceu o crime, uma moto do suspeito e outra de seu irmão foram apreendidas e, ainda segundo a polícia, teriam sido furtadas no pátio da Prefeitura do município. A perícia da Polícia Civil não compareceu ao local porque a cena do crime havia sido descaracterizada. 

A ocorrência é encerrada na 1ª Delegacia de Plantão de Nova Lima.