Clássico com focos diferentes

Coelho tem a chance de derrubar o Galo, que deve vir com time reserva, preocupado com a Libertadores

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Tá tudo em casa. América e Atlético têm a Arena Independência como casa, mas o mandante da partida desta tarde será o Coelho
FOTO: Douglas Magno / O TEMPO
Tá tudo em casa. América e Atlético têm a Arena Independência como casa, mas o mandante da partida desta tarde será o Coelho

América e Atlético se enfrentam hoje, às 16h, na Arena Independência, em clássico válido pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Mais preocupado com o jogo da próxima quarta-feira, quando vai receber o Atlas, do México, em busca da reabilitação na Libertadores após a derrota na estreia por 2 a 0 para o Colo-Colo, o Galo deverá utilizar uma equipe reserva no confronto desta tarde. Situação que poderá favorecer ao Coelho, que entra em campo disposto a quebrar um jejum de quase quatro anos sem vencer o rival alvinegro.

A última vitória do América em um clássico contra o Atlético foi por 2 a 1, no dia 27 de fevereiro de 2011, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Depois, foram registrados mais onze jogos, com oito vitórias alvinegras e três empates. Se conseguir quebrar esse sequência negativa e contando ainda com ao menos um empate do Cruzeiro com o Boa Esporte e do Villa Nova com a URT, o Coelho vai terminar a quarta rodada do Estadual na liderança da tabela de classificação.

Se for o Galo o vencedor do confronto, a equipe mantém os 100% de aproveitamento no Estadual e se garante em primeiro lugar. “No ano passado, pelo ABC-RN, tive a oportunidade de enfrentar o Cruzeiro, na Copa do Brasil, e o América, na Série B do Brasileiro. O Atlético vai ser a primeira vez, mas estou muito confiante de que vamos fazer uma grande apresentação e buscar essa vitória, que poderá nos garantir a liderança do campeonato”, destacou o atacante alviverde Rodrigo Silva.

“Não acredito que vamos encontrar qualquer tipo de facilidade pelo fato de o Atlético poder atuar com time reserva. O adversário tem um elenco de qualidade e independentemente se vai jogar com titular ou reserva, nos oferecerá muito perigo”, completou o atacante, que neste Estadual fez um gol, na vitória do América por 2 a 1 sobre a URT, no Independência.

No Atlético, os jogadores que forem escolhidos pelo técnico Levir Culpi esperam aproveitar a oportunidade para mostrarem que têm condições de serem titulares da equipe. “Quem quer jogar, não escolhe a partida. Quero jogar de qualquer jeito. É um clássico contra o América. É um jogo difícil, mais bastante pegado. Mas estou preparado para ir bem”, disse o atacante André, que tende a ser titular hoje. (com Diego Costa)

Números do jogo

393 jogos fizeram América e Atlético ao longo da história

194 vitórias conquistou o Galo, contra 102 do Coelho

97 empates foram registrados nos confrontos entre os clubes

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave