Variedade da arte popular

Peças em materiais diversos são provenientes do litoral ao sertão

iG Minas Gerais | Vitor Tavares |

Centro de Artesanato de Pernambuco oferece peças de várias regiões do Estado
Hans von Manteuffel/divulgação
Centro de Artesanato de Pernambuco oferece peças de várias regiões do Estado

A poucos passos do museu Cais do Sertão está o Centro de Artesanato de Pernambuco, com mais de 16 mil peças em exposição e à venda, provenientes de todas as regiões do Estado.

A variedade é grande, podendo ser encontrados tanto os tradicionais bonecos de barro, originais da famosa Caruaru de Mestre Vitalino, como peças de cerâmica, de renda e até artesanato de palha.

Na verdade, o local é um resumo da diversidade do artesanato pernambucano e ainda fomenta negócios, já que todas as peças são identificadas com o nome e o telefone do artesão.

 

Serviço

Cais do Sertão. Entrada: R$ 8; grátis às terças. artesanatodepernambuco.pe.gov.br

Centro de Artesanato. artesanatodepernambuco.pe.gov.br

Paço do Frevo. Entrada: R$ 6 e R$ 3 (estudante e maior de 60). pacodofrevo.org.br

Armazéns do Porto. Aberto de segunda-feira a domingo, das 10h às 22h. Os bares fecham às 3h, de quinta-feira a sábado. Avenida Alfredo Lisboa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave