Inverno começa em Nova York

Temporada de mais de 200 desfiles marca mudanças na Big Apple

iG Minas Gerais | Natália d’Ornellas |

O estilo vitoriano da Rodarte
PRUNE PERROMAT
O estilo vitoriano da Rodarte

Primeira parada do circo fashion internacional, Nova York encerrou, na última quinta, uma temporada de inverno longa (foram mais de 200 desfiles oficiais, com dias mais cheios que uma temporada brasuca inteira) e histórica. Não, não foi visto na passarela nenhum grande invento, nem houve protestos ou coisa parecida, a marca desta edição é mudança. A Semana norte-americana, que lançou o inverno 2015/16, é a última a ser realizada no Lincoln Center e a contar com o patrocínio da superpoderosa Mercedes-Benz, que até então assinava o evento.

Fontes apontam que as apresentações de setembro serão realizadas em vários hotspots da Big Apple, para dar opções aos estilistas e deixar a imprensa louca. Imagine a tarefa de tentar cumprir uma agenda de quase 40 shows num mesmo dia. Enfim... Espera-se que as apresentações migrem finalmente para o Culture Shed, o centro de artes em Hudson Yards, mas o local só fica pronto em 2017. A ideia é que o evento incorpore também os desfiles do Milk Studios, espécie de temporada paralela, e que passe a se chamar simplesmente New York Fashion Week, independentemente do patrocinador que vier.

Na passarela

A edição teve poucas novidades no line-up, que dessa vez não trouxe nenhum brasileiro (Alexandre Herchcovitch e Osklen costumam se apresentar por lá), e a expectativa ficou por conta da estreia de Peter Copping, na direção criativa da Oscar de la Renta. Memorex rápido: Copping foi o escolhido para assumir o cargo, após a morte do estilista em outubro do ano passado.

Pra quem busca a velha lista de trends, mesmo sabendo que a tendência foi dada como morta já há algumas temporadas, Nova York repetiu algumas informações que devem ser vistas nas lojas: peles fake e/ou verdadeiras, botas longas, muito preto e vermelho, transparências, metalizados e um perfuminho de anos 90. Deu até pochete, gente!

Finalizado o line-up norte-americano, o fashion people segue para mais três paradas. A primeira é Londres, com desfiles entre os dias 20 e 24 de fevereiro, Milão, de 25 a 2 de março, e, pra fechar com glamour, Paris, do dia 2 de a 9 de março. Haja vontade de ver a roupa passar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave