André afirma que não teme pressão da torcida no clássico deste domingo

Atacante também afirmou que está com saudades de fazer gols em partidas oficiais pelo clube

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

André espera aproveitar a titularidade contra o Cruzeiro para conseguir a confiança de Levir Culpi
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
André espera aproveitar a titularidade contra o Cruzeiro para conseguir a confiança de Levir Culpi

 

Após ver o atacante Jô em campo, a torcida alvinegra poderá acompanhar outros dois jogadores do trio de renegados do ano passado. Emerson Conceição e André devem ser titulares contra o América, neste domingo, no clássico pela quarta rodada do Campeonato Mineiro.

Se Jô tem sido pressionado pela torcida por causa do jejum de gols, André afirma que não teme a cobrança maior da Massa alvinegra.

"Tem essa coisa da torcida, da arquibancada, mas estou preparado para qualquer circunstância. Vais ser indiferente para mim. Quero ajudar o grupo. Lógico que quero o apoio da torcida, mas tenho me preparado e dedicado ao máximo", disse o atacante.

Ele admite que a ansiedade está grande para entrar em campo por uma partida oficial.

"Meio chato você ficar de fora, vendo os companheiros jogar. Você em amistosos, fazendo gols. É ter paciência, tem que saber respeitar, tem jogadores na minha frente. Não sei se será minha oportunidade. Estou me preparando para voltar a fazer gols. Estou com saudades. Contra o América devo ter essa oportunidade. Quem quer dar a volta por cima, tem que ir ao clássico e fazer gols", concluiu.