Quaresma, tempo de reflexão

iG Minas Gerais |

Amados, iniciamos a Quaresma. Tempo de renovação, de limpeza interior, de análise e, acima de tudo, tempo de reflexão profunda sobre cada um de nossos passos, nossas palavras e nossas atitudes. Para quem não sabe, Quaresma é como é chamado o período de quarenta dias que antecedem à Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo. Começa na Quarta-Feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Por isso, quero hoje utilizar este nosso espaço para pedir que façamos uma abrangente análise de tudo que estamos vivendo. É hora de observarmos cada uma de nossas ações, de revermos nossos pontos de vista, corrigirmos nossos erros e atualizarmos nossos objetivos. É o momento de nos questionarmos sobre a maneira que estamos conduzindo nossas vidas e nos relacionando com os nossos semelhantes. Momento de descobrir se realmente estamos vivendo a exemplo de nosso Senhor Jesus. Momento também de redobrarmos nossas orações, pois sabemos que o mundo de hoje está cada vez mais desorganizado, quando se trata de valores, de honestidade, de lealdade e de ética em todas as esferas. Faço um apelo para que todos vocês orem pedindo que Jesus retire de nossas vidas toda mentira, difamação, inveja e qualquer outro sentimento que tanto prejudica a convivência entre as pessoas. O nosso querido papa Francisco divulgou uma linda mensagem designada para a Quaresma deste ano, intitulada “Fortalecei Vossos Corações”. Um dos trechos diz o seguinte: “Quando deixamos Deus, Ele nos procura e cuida de nós. Seu amor impede-lhe de ficar indiferente perante aquilo que nos acontece. Coisa diversa se passa conosco. Quando estamos bem, esquecemo-nos dos outros, não nos interessam os seus problemas, nem as tribulações e injustiças que sofrem. E, assim, o nosso coração cai na indiferença. Hoje, essa atitude egoísta de indiferença atingiu uma dimensão mundial tal, que podemos falar de uma globalização da indiferença. Trata-se de um mal-estar que temos obrigação, como cristãos, de corrigir”. Portanto, amados, neste período, vamos mais do que nunca refletir sobre nossos atos, nosso comportamento, nossas atitudes. Vamos educar nossos filhos para que sentimentos ruins, que impedem um bom relacionamento entre os seres humanos, sejam eliminados de nosso convívio. Que todos possam ser renovados por completo nesta quaresma, boa semana, Deus os abençoe! Padre Marcelo Rossi

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave