Grécia e zona do euro fecham acordo de extensão de empréstimo

A prorrogação é uma tentativa do novo governo grego, de esquerda, liderado pelo primeiro-ministro Alexis Tsipras, de manter uma tábua de salvação financeira por um período transitório

iG Minas Gerais | Folhapress |

Tsipras está confiante que a Grécia chegará a um acordo com a União Europeia
Patrick Domingo / AFP
Tsipras está confiante que a Grécia chegará a um acordo com a União Europeia

A Grécia e os ministros das Finanças da zona do euro chegaram a um acordo nesta sexta-feira (20) para uma extensão de quatro meses do programa de resgate da Grécia, disseram autoridades.

A Grécia enviou à zona do euro na quinta-feira (19) um pedido de prorrogação de seu acordo de empréstimo por até seis meses, mas a Alemanha, que é o principal suporte econômico da União Europeia, disse que o governo grego tinha de se ater aos termos de seu atual pacote internacional de resgate.

A prorrogação é uma tentativa do novo governo grego, de esquerda, liderado pelo primeiro-ministro Alexis Tsipras, de manter uma tábua de salvação financeira por um período transitório, evitando as difíceis condições de austeridade do programa de resgate da UE e do FMI (Fundo Monetário Internacional).

O ministro das Finanças de Malta, Edward Scicluna, chegou a dizer ao jornal "Malta Today" que os maiores países da União Europeia estariam prontos para permitir que a Grécia saia da zona do euro em razão da crescente impaciência com as demandas do novo governo do país.

"Acho que eles chegaram a um ponto em que dirão aos gregos: 'Se vocês realmente querem sair, saiam'", disse o ministro ao periódico.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave