Explosões e disparos em hotel deixam 11 mortos na capital da Somália

Duas explosões seguidas de disparos foram ouvidas nesta sexta-feira (20) em Mogadíscio; hotel é localizado próximo ao palácio presidencial

iG Minas Gerais | AFP |

Duas explosões seguidas de disparos foram ouvidas nesta sexta-feira (20) em um hotel de Mogadíscio situado perto do palácio presidencial e frequentado por homens de negócios e deputados deixaram 11 mortos, segundo a policia.

Os islamitas shebab reivindicaram o ataque.

"Houve explosões, tiroteio e há vítimas", declarou um policial à AFP.

Segundo a fonte, primeiro aconteceu a explosão de um carro-bomba e depois um homem-bomba explodiu seu cinturão e ocorreu um tiroteio no interior do hotel.

Uma fonte ocidental das forças de segurança informou sobre dezenas de vítimas - mortos ou feridos - e afirmou que no interior do hotel há vários membros do governo, como o primeiro-ministro e deputados.

"A situação é grave", declarou o policial, que não soube dizer se o ataque já terminou.

No momento poucos elementos estão disponíveis. Uma coluna de fumaça negra é vista sobre o hotel, segundo imagens das redes sociais.

Os insurgentes islamitas shebab reivindicaram o ataque.

"Nossos 'mujahedines' estão no interior do Central Hotel e atacaram sem medo", declarou Abdulaziz Abu Musab, porta-voz militar dos shebab.

Leia tudo sobre: somáliaexplosãocapitalhotel