Moradores fecham garagem e impedem 25 ônibus de circular nesta manhã

Grupo pede por diminuição no preço das passagens, mais horários de ônibus e mais carros; protesto começou nesta madrugada

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Moradores de São José da Lapa, na região Central de Minas Gerais, realizam uma manifestação e impedem os ônibus da Viação Expresso Unir de circular. De acordo com um funcionários da empresa, desde às 3h desta sexta-feira (20), cerca de 70 pessoas protestam na frente da garagem.

“Eles estão querendo mais horários de ônibus, mais carros e pedem para que o preço da passagem seja reduzido. Estamos impedidos de trabalhar. O pessoal da empresa está lá tentando conversar, mas eles não querem ouvir”, contou o garagista Paulo Adriano Duarte Nunes. Segundo ele, esta é a primeira vez que este tipo de ato acontece no local, nos cinco anos em que ele atua lá.

Ainda, conforme o funcionário, 25 ônibus estão parados na garagem, na avenida Governador Milton Campos, no bairro Chácaras Reunidas São Vicente. Eles fazem a linha São José da Lapa/Estação Vilarinho-Belo Horizonte. Motoristas e trocadores esperam a resolução da situação para começarem a trabalhar.

No último reajuste, o valor da passagem passou de R$ 3,70 para R$ 4,15. A Polícia Militar (PM) está no local e acompanha a manifestação. O grupo grita palavras de ordem e usam apitos para chamar a atenção.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave