Outra empresária é baleada em assalto

Vítima, de 51 anos, entrou em luta corporal com um dos criminosos e acabou sendo baleada de raspão na cabeça

iG Minas Gerais | Dayse Resende |


Ousadia. 

Mulher foi rendida por volta das 14h na rua Paulo de Freitas
FOTO: JOAO LEUS / OTEMPO
Ousadia. Mulher foi rendida por volta das 14h na rua Paulo de Freitas

 

Pela segunda vez em menos de uma semana, outra empresária foi baleada durante um assalto em Betim. A última ocorrência registrada pela Polícia Militar (PM) ocorreu na rua Paulo de Freitas, no centro, na sexta-feira (13).   A vítima, Marina Chagas, 51, contou que havia ido levar o filho de 17 anos ao médico, por volta das 14h, quando foi abordada por dois homens, estando um deles armado. Por sorte, o filho dela já havia descido do veículo, um Honda Civic.    Segundo Marina, ao ser rendida pelos criminosos, ela entrou em luta corporal com um deles e começou a gritar por socorro. “A rua estava bastante movimentada. Era de dia, véspera de feriado, e pensei que alguém fosse me ajudar. Então, gritei, comecei a buzinar e entrei em luta corporal com um deles, mas ele me empurrou, entrou no carro e efetuou um disparo antes de fugir”, contou Marina.   O tiro atingiu a vítima de raspão na cabeça. Após o ocorrido, testemunhas prestaram socorro a ela e acionaram a PM para que fosse registrado um boletim de ocorrência.    Marina foi a um hospital da cidade e teve que levar pontos na cabeça. Apesar do susto, ela já está em casa e passa bem. Mais tranquila, ela disse que não está traumatizada com o ocorrido, mas ressaltou que, em caso de um novo crime, ela não pretende reagir. “Sou uma pessoa muito tranquila. Não sei o que aconteceu comigo, pois meu carro tem seguro. Na hora, fiquei com raiva de entregar minhas coisas para os bandidos”, disse.   Ainda na sexta (13), o carro de Marina foi encontrado por policiais militares em Contagem, cidade vizinha a Betim. Todos os pertences pessoais dela, exceto o celular e R$ 300 em dinheiro, também foram recuperados. Nenhum suspeito foi preso.   Bom Retiro Outro caso ocorreu no início do mês. Uma mulher de 43 anos foi baleada mesmo após entregar o seu carro durante um roubo no bairro Bom Retiro. As duas filhas da vítima, de 5 e 13 anos, estavam no carro com ela.    Segundo a PM, a vítima estava estacionando o seu veículo em frente à casa da irmã dela quando foi surpreendida pelos criminosos, que estavam em um Palio. Eles anunciaram o crime e efetuaram um tiro, que atravessou a perna direita e o fêmur da mulher. As garotas conseguiram descer do veículo. A vítima foi socorrida para o Hospital Regional e, depois, transferida para outra unidade.   A suspeita da polícia é que a vítima tenha sido seguida desde a escola Number One, localizada no centro, próximo à rua Paulo de Freitas, mesmo endereço onde Marina foi abordada pelos criminosos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave