Reunião discute poluição de córregos que deságuam em Várzea das Flores

Reservatório que fica no limite entre municípios de Contagem e Betim é responsável pelo abastecimento de 7% da população da Grande BH

iG Minas Gerais | JOÃO PAULO COSTA |

Em uma reunião no fim da tarde desta quinta-feira (19) parlamentares de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, estiveram reunidos com representantes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e cobraram ações pontuais da companhia em relação à poluição do manancial e dos córregos que deságuam na represa de Várzea das Flores - reservatório que fica no limite entre os municípios de Contagem e Betim e é responsável pelo abastecimento de 7% da população da Grande BH.

No encontro, estiveram presentes a deputada estadual Marília Campos (PT) e os vereadores de Contagem Irineu Inácio, (PSDC), Rodinei Ferreira (PT), Eduardo Sendon (PSDB) e Zé de Souza (PT), além da presidente da Copasa, Sinara Meireles, e o diretor de operações metropolitanas da companhia, Rômulo Perini. E na ocasião, os parlamentares se mostraram preocupados com a poluição do reservatório de Várzea da Flores e solicitaram medidas mais eficazes por parte da companhia. “O que solicitamos foi a continuidade de investimentos em saneamento básico em Contagem, com intervenções imediatas, como, por exemplo, a questão da Elevatória da Barroquinha, uma rede de esgoto que precisa ser tratada e que tem desaguado diretamente no reservatório de Várzea das Flores”, disse a deputada Marília Campos.

Segundo ela, outra exigência dos parlamentares foi o início da criação de outras redes de esgoto na cidade, assim como um cuidado especial com os moradores do bairro Nova Contagem, que há sete anos sofrem com o mau cheiro do esgoto na região.

De acordo com a assessoria da Copasa, a presidente da companhia, ouviu as reivindicações dos parlamentares e se disponibilizou a trabalhar de forma mais articulada com os representantes de Contagem, tanto do Legislativo quanto do Executivo. Além disso, um plano de ações deverá ser elaborado para evitar a poluição do reservatório de Várzea das Flores. Sobre as medidas emergenciais relacionadas a Elevatória do Barroquinha e ao esgoto do bairro Nova Contagem, a companhia informou que medidas serão tomadas, mas não informou quando.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave