Victor confia em força do Horto para se recuperar na Copa Libertadores

Na quarta-feira, 25, o Galo encara o Atlas-MEX, na Arena Independência

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Victor será o terceiro goleiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Victor será o terceiro goleiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Após estrear mal na Copa Libertadores, o goleiro Victor já projeta a recuperação na competição continental. Para isso, ele confia em um bom resultado diante do Atlas-MEX, na próxima quarta-feira, 25. 

A partida contra os mexicanos será na Arena Independência. Dentro de casa, a equipe terá a chance de se recuperar da derrota sofrida diante do Colo-Colo, no Chile, por 2 a 0. Ele admite que o grupo alvinegro não é fácil. Além dos chilenos e do Atlas, o Atlético ainda enfrenta o Santa-Fé-COL. 

Mas o arqueiro alvinegro espera que o time faça valer o mando de campo e consiga somar os primeiros três pontos no Grupo 1. 

"Não tem jogo fácil, não tem vida fácil. Estamos em um grupo complicado, com mais um adversário. Então é poder trabalhar nesse pouco tempo que resta para corrigir nossos erros. Tenho certeza que, dentro de casa, nossa equipe vai fazer um grande jogo e se recuperar da derrota", disse o goleiro. 

Quem também aposta na força como mandante é o técnico Levir Culpi. O treinador, no entanto, entende que os adversários também vão crescer nos seus domínios, o que deixará a disputa equilibrada. 

"Nos jogos da Libertadores, o mandante geralmente manda. É mais ou menos isso que acontece. Os jogos que você consegue vencer fora geralmente são épicos. Tem que ter um empenho mais do que o normal. O aspecto físico e o confronto são maiores que o Regional e o Campeonato Brasileiro. Então é isso. Temos que encarnar esse espírito ainda. Não entramos na Libertadores ainda", disse o treinador. 

Por causa disso, Levir acredita que o Atlético pode sofrer outros tropeços ainda na primeira fase. 

"Não temos que ganhar todos. Existe uma igualdade na nossa chave. Haverá uma alternância de resultados. O que me preocupa é o espírito, jogar bem. Se isso acontecer, teremos a oportunidade de nos classificar", 

Leia tudo sobre: AtléticoGalofutebolVictorGoleirorecuperaçãoHortoAtlasColo-Colo