Thor Batista é absolvido de atropelamento que causou morte em 2012

Em 17 de março de 2012, Thor Batista atropelou e matou o ciclista Wanderson Pereira do Santos, que cruzava a rodovia Washington Luís (BR-040)

iG Minas Gerais | da redação |

O atropelamento ocorreu na noite de 17 de março de 2012, na BR-040, quando Thor voltava de Petrópolis, na região Serrana do Rio
Reproduçao TV Globo
O atropelamento ocorreu na noite de 17 de março de 2012, na BR-040, quando Thor voltava de Petrópolis, na região Serrana do Rio

O empresário Thor Batista, filho de Eike Batista, foi absolvido da morte de Wanderson Pereira dos Santos na estrada Rio-Petrópolis, em 2012. Os magistrados Luiz Felipe da Silva Haddad e Paulo de Oliveira Baldez da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro optaram pela absolvição, já Ítalo Franca David foi a favor da condenação do empresário.

Um ano após o acidente a juíza Daniela Barbosa, da 2ª Vara Criminal de Duque de Caxias, com base em dois laudos pedidos por ela, um que apontava uma velocidade de 110 km/h e outro feito por um segundo perito, o qual dizia que a velocidade registrada era de 135 km/h, chegou a condenar Thor. Entretanto os advogados do réu recorreram da decisão.

Em 17 de março de 2012, Thor Batista atropelou e matou o ciclista Wanderson Pereira do Santos, que cruzava a  rodovia Washington Luís (BR-040).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave