Com balas de revólver em mala, Mir fica detido em aeroporto de SP

O norte-americano tinha como destino Porto Alegre, onde enfrentará o brasileiro Antônio Pezão, no próximo domingo, dia 22 de fevereiro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Site oficial/Divulgação
undefined

Por pouco o norte-americano Frank Mir não teve cancelada a luta com o brasileiro Antônio Pezão, no próximo domingo, 22 de fevereiro, em Porto Alegre (RS). Ao chegar ao Brasil em um aeroporto de São Paulo,  nesta quinta-feira, o lutador foi detido pelas autoridades locais por portar balas de revólver em uma de suas malas, segundo informações do portal Combate.com, da Globo. 

Mir alegou às autoridades que a mala era antiga e não sabia que as cápsulas estavam lá. O norte-americano ficou detido por algumas horas e precisou da intervenção dos advogados do UFC para ser liberado. Após o ocorrido, Frank conseguiu viajar para Porto Alegre, local do combate com Pezão.

Segundo o Combate.com, ao desembarcar na capital gaúcha, o norte-americano foi direto para o hotel em que estão hospedados os lutadores do UFC e até já treinou.

O combate entre Pezão e Mir é o principal do card do fim de semana. Os dois disputam na categoria peso-pesados. 

Leia tudo sobre: mmafrank mirantonio pezaoufcporto alegreaeoroporto em sao paulo