Carnaval do ano que vem deve ter drones para segurança

Polícia pretende usar drones, dispositivos com câmera que sobrevoam as áreas, para a assegurar a segurança da próxima folia

iG Minas Gerais | JOHNNY CAZETTA |

Equipamento foi adquirido pela PM e Prefeitura de Lavras
PM/Divulgação
Equipamento foi adquirido pela PM e Prefeitura de Lavras

O Carnaval 2015 de Belo Horizonte mal acabou, mas os planejamentos para o próximo ano já começaram a ser arquitetados. No quesito segurança, por exemplo, a Polícia Militar (PM) pretende contar com uso de drones para aprimorar o policiamento dos blocos de rua que desfilarem pela capital.

“Esses equipamentos poderão contribuir muito para o trabalho da polícia, pois terão uma visão do alto, muito mais privilegiada. Para 2016 essa é uma das nossas intenções, assim como novas estratégias de tecnologia e de patrulhamento”, afirmou o assessor da PM, major Gilmar Luciano.

De acordo com ele, a quantidade de drones ainda está sendo estudada assim como os modelos do equipamento. “Tudo está fase de testes ainda e temos que ter cautela para colocar esses aparelhos na rua. Tem que ter uma bateria potente para que ele não caia em meio à população e com total segurança. Por isso, a nossa expectativa é que eles estejam à disposição somente no fim do ano”, disse o major.

Uma reunião para avaliar o trabalho da PM no Carnaval deste ano deve ocorrer até o final deste mês entre os comandares dos oito batalhões da cidade e o comandante de policiamento da capital, Coronel Cícero Leonardo da Cunha. Ao todo, 4.070 militares trabalharam durante a folia, 907 deles foram reforços vindos de outras unidades da PM.

Números. Durante o policiamento da PM, nos quatro dias de folia foram registrados 55 crimes durante os desfiles de blocos e eventos carnavalescos em Belo Horizonte. Furto e roubo foram os crimes mais cometidos, com 25 e 13 ocorrências cada um respectivamente. “ A nossa avaliação é que a operação da PM foi bem sucedida. Dos últimos 10 anos é o carnaval mais expressivo e não tem como traçar um comparativo. O marco para comparar é a partir de 2015”, disse major Gilmar.

Um balanço dos crimes da capital como um todo, durante o Carnaval, deve ser lançado ainda nesta quinta-feira (19) pela PM. Assim como, os números de todo o Estado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave