Falha no sistema de resfriamento provoca desligamento de Angra 1

As equipes de manutenção e engenharia estão no local para tentar resolver o problema

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

ARQUIVO AP PHOTO
undefined

Uma falha no resfriamento da Usina Nuclear Angra 1 provocou seu desligamento na madrugada de hoje (19), de acordo com a Eletronuclear, que administra a usina do sul fluminense. Por meio de nota, a administração da empresa informou que, à 0h22 de hoje, ocorreu um problema em um dos condensadores que resfriam o vapor utilizado para mover o gerador elétrico da usina.

Conforme a Eletronuclear, o desligamento objetiva preservar a integridade de outros equipamentos da usina. As equipes de manutenção e engenharia estão no local para tentar resolver o problema.

Ainda não há previsão para o religamento da usina ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Segundo a Eletronuclear, como o condensador não está localizado na área nuclear, a falha não apresentou nenhum risco aos trabalhadores e à população.

A Usina Angra 1 é uma das duas que compõem o Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, em Angra dos Reis, único complexo nuclear do país. Uma terceira usina, chamada de Angra 3, está sendo construída no local.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave