'Rei das assistências', Jadson comanda Corinthians e agrada até Muricy

O camisa 10 também foi o atleta que mais acertou passes da equipe

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Jadson começou o ano no banco de reservas e chegou até ser especulado no Flamengo
Instagram/ reprodução
Jadson começou o ano no banco de reservas e chegou até ser especulado no Flamengo

Um ano após ser envolvido em uma troca com o atacante Alexandre Pato, o meio-campista Jadson foi um dos principais nomes do Corinthians no reencontro com o ex-clube.

Ele deu uma assistência para o primeiro gol marcado por Elias e fez o segundo na vitória corintiana sobre o São Paulo por 2 a 0, na quarta-feira (18), no Itaquerão, pela primeira rodada da fase de grupos da Taça Libertadores da América.

De acordo com o Datafolha, o camisa 10 foi o jogador do Corinthians que mais recebeu bolas (37). Ele ainda foi o atleta que mais acertou passes da equipe -27 dos 33 que tentou- e o que mais deu assistências (4).

Jadson ainda mostrou aplicação no esquema tático adotado por Tite. O jogador fechou o lado direito do campo e ajudou o lateral direito Fágner na marcação de Michel Bastos e de Reinaldo -os dois são-paulinos que mais caíram pelo setor esquerdo.

A boa atuação de Jadson rendeu até elogios do técnico Muricy Ramalho, seu ex-chefe no São Paulo.

"O Jadson está jogando bem há algum tempo, ano passado ele não jogou muitas vezes. Todas as vezes que o vi jogar, foi bem. Nos dois confrontos contra o Once Caldas ele também foi muito bem, então está num bom momento de novo", disse o treinador são-paulino após o jogo.

Jadson foi trocado por Alexandre Pato em fevereiro de 2014. No ano passado, o jogador não enfrentou o ex-clube em virtude de uma cláusula no contrato -tinha vínculo com o clube do Morumbi até o final da temporada passada.

Apesar do bom momento citado até pelo rival, o camisa 10 começou o ano no banco de reservas e chegou até ser especulado no Flamengo. Ele ficou na reserva nos três primeiros amistosos do clube no ano e só ganhou uma oportunidade como titular momentos antes do jogo contra o Marília, pela abertura do Campeonato Paulista, após Lodeiro pedir para deixar o time -foi negociado com o Boca Juniors.

"Surgiu a oportunidade no jogo contra o Marília e estou tentando ganhar o meu espaço na equipe. Como o Corinthians tem jogadores de qualidade você tem que se esforçar para estar bem", disse Jadson logo após o jogo.

"Não sou jogador de marcação, mas tento cumprir a função tática. Se todos se doarem um pouco na marcação, fica difícil para as outras equipes entrarem na zaga da nossa equipe", completou o jogador, que foi aplaudido pela torcida corintiana após ser substituído Mendoza.

Leia tudo sobre: jadsoncorinthianssao paulolibertadoresmuricy ramalho