A pressão está com o São Paulo, diz Rogério após derrota

Capitão tricolor enfatiza a necessidade de vencer o próximo jogo para se recuperar do revés no clássico e minimizar a cobrança

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Juvenal afirmou que, por ele, Rogério Ceni continua no clube
VIPCOMM/DIVULGAÇÃO
Juvenal afirmou que, por ele, Rogério Ceni continua no clube

Os jogadores do São Paulo deixaram o Itaquerão cabisbaixos após a derrota por 2 a 0 para o Corinthians, nesta quarta-feira (18), na estreia da Libertadores. Ao final do jogo, admitiram sentir pressão. "É normal. Quem perde sai pressionado. Se tivéssemos vencido, estaríamos bem. A derrota deixou a pressão com o São Paulo. Temos de vencer o próximo jogo em casa", disse Ceni. O time tricolor volta a campo pela Libertadores na próxima quarta-feira (25) contra o Danúbio, no Morumbi. "Libertadores é vencer em casa. Se você perde está morto. Se vence fora dá um passo grande", acrescentou. Sobre o jogo, o goleiro tricolor admitiu que o Corinthians foi melhor e o placar foi justo. "Passamos um jogo Inteiro sem exigir uma grande defesa do Cássio. O Corinthians tem uma defesa bem armada, mas a gente precisa mostrar bem mais. Vamos corrigir os erros", disse.

Leia tudo sobre: sao paulotricolorcorinhiansrogerio cenilibertadores