Galo nega ter recebido oferta por Carlos e negociação por Bernard

Vale lembrar que o Galo também tentou “esconder” as negociações com Lucas Pratto e Sherman Cárdenas, ambos contratados

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Antes titular, Carlos agora briga com Maicosuel por vaga
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Antes titular, Carlos agora briga com Maicosuel por vaga

O atacante Carlos está na mira do Shakhtar Donetsk-UCR. O fato é notório desde o amistoso entre as equipes no fim de janeiro, quando a ficha do jovem atleta do Galo foi levantada pelo clube da Ucrânia e pessoas do staff atleticano foram procuradas após o duelo no Independência para saber da situação contratual e outros detalhes do avante.

As conversas entre Atlético e do Shakhtar sobre Carlos ainda estariam vivas apesar das negativas da diretoria brasileira - vale lembrar que o Galo também tentou “esconder” as negociações com Lucas Pratto e Sherman Cárdenas, ambos contratados.

O novo ingrediente da transação seria o adendo do empréstimo de Bernard, que teria os altos salários pagos pelos ucranianos, além de uma quantia em dinheiro por Carlos.

“Não houve propostas (pelo Carlos). Quando enfrentamos o Shakhtar falei ao Bernard que ele poderia voltar quando quisesse e se estivesse insatisfeito, seria o primeiro a tentar repatriá-lo. Com relação ao Carlos, os diretores fizeram algumas consultas, o nome dele foi mencionado, mas nada demais. Não houve qualquer formalização. Contamos com o Carlos”, afirmou o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, em entrevista à ESPN Brasil, em Santiago, no Chile.

Antes e depois do amistoso em janeiro, Bernard deixou claro que não está satisfeito no Shakhtar Donetsk e deseja sair do clube assim que a diretoria ucraniana aceitar uma oferta.

A volta ao Brasil, porém, não estaria entre os primeiros planos dos empresários do meia-atacante.

Leia tudo sobre: atleticogalobernardshakhtar donetskcarlosmercado