Presidente do Cruzeiro admite 'sondagem antiga' do Porto por Mayke

Gilvan Tavares disse em entrevista ao jornal português "A Bola" que os Dragões buscaram informações sobre o jovem

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O elenco de sucesso do Cruzeiro, bicampeão brasileiro de forma consecutiva em 2013 e 2014, chamou muita atenção do mercado internacional. Depois de tantas saídas relevantes, como as do volante Lucas Silva, do meia-atacante Ricardo Goulart e do meia Everton Ribeiro, outros atletas estiveram na mira de clubes estrangeiros. O jovem lateral Mayke também foi foco de uma equipe europeia: o Porto (POR).

A notícia do possível interesse dos Dragões pelo lateral-direito era especulada no Brasil, mas o Cruzeiro ainda não havia se pronunciado a respeito. Pelo menos até essa semana, quando o presidente Gilvan de Pinho Tavares admitiu sondagem do clube luso pelo jogador.

“É verdade que houve uma sondagem do Porto, mas já foi há algum tempo e não passou disso mesmo, de uma sondagem”, comentou o mandatário celeste em entrevista ao jornal português A Bola.

Recentemente, jornalistas portugueses entraram em contato com a mídia mineira procurando informações sobre um possível contato do Benfica, outro clube que estaria interessado em Mayke.

“Benfica? Nunca me perguntaram por ele, nunca falei com o presidente (Luís Filipe Vieira) do Benfica sobre Mayke e não tenho qualquer informação de que o Benfica esteja interessado em Mayke”, completou Gilvan.

De acordo com a imprensa lusa, os clubes portugueses bancariam até cinco milhões de euros para contar com o jovem lateral. “Mayke custa muito mais de cinco milhões de euros. É um jogador muito importante para o Cruzeiro”, finalizou. 

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamaykea bolaportobenficamaconha