Homem é agredido após estuprar irmã em Pará de Minas

De acordo com a Polícia Militar, a suspeita é que o autor tenha sido agredido por vizinhos; ele está internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, sob escolta policial

iG Minas Gerais | Da redação |

Um homem de 36 anos, suspeito de estuprar a própria irmã, foi encontrado com vários ferimentos na cabeça e no rosto poucas horas após cometer o crime, em Pará de Minas, na região Central do Estado. De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito pode ter sido agredido por vizinhos que ouviram os gritos de socorro da vítima.

A mulher, de 45 anos, contou aos militares que estava em seu quarto na tarde dessa terça-feira (17), quando foi surpreendida pelo irmão, que a rendeu com uma faca e a forçou a manter relações sexuais com ele. Ele ainda ameaçou a irmã, dizendo que a mataria caso ela chamasse a polícia e quando percebeu que ela estava com um telefone na mão para pedir ajuda, voltou ao quarto e quebrou a porta.

A vítima conseguiu sair da casa com o telefone e gritou por socorro. Ela foi perseguida pelo suspeito, que usando a faca, exigiu que ela entregasse o celular. A mulher pediu que ele largasse a arma e o autor acatou o pedido, fugindo em seguida. A vítima foi levada ao hospital da cidade enquanto militares realizavam rastreamento em busca do autor.

De acordo com a PM, ele foi encontrado horas depois do crime, caído em uma rua do mesmo bairro, com ferimentos no rosto, na cabeça e na traqueia. Depois de receber os primeiros socorros, o suspeito foi encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, sob escolta policial.

Ainda segundo a PM, ele tem passagens pela polícia por furto e uso de drogas e já cumpriu pena no Complexo Penitenciário Doutor Pio Canedo, em Pará de Minas.  

Leia tudo sobre: estuproirmãpará de minasagressão