Após um ano longe dos gramados, Charles comemora nova chance

Jogador treinou separado dos companheiros desde que voltou do Palmeiras, no início de 2014

iG Minas Gerais | Lohanna Lima |

Mesmo recebendo outras propostas, Charles preferiu continuar no Cruzeiro
Divulgação/Cruzeiro
Mesmo recebendo outras propostas, Charles preferiu continuar no Cruzeiro

Longe dos gramados há mais de um ano, o volante Charles comemorou, nesta terça-feira, a nova chance que recebeu do técnico Marcelo Oliveira. Desde que voltou de empréstimo do Palmeiras, no início de 2014, o atleta treinou separado da equipe celeste e viu de longe o time conquistar as taças do Campeonato Mineiro e do Brasileiro e ser vice da Copa do Brasil, em um dos anos mais vitoriosos do time.

Encarada pelo próprio jogador como a fase mais dolorosa de sua carreira, Charles espera que sua volta ao time seja um recomeço de sua história com o clube. “Representa muita coisa estar de volta. Todo esse tempo que fiquei afastado, pensei e repensei muito com minha família.  Chegava em casa e minha filha perguntava porque eu não estava jogando e isso é muito triste”, conta o jogador. 

Assediado por outros clubes, como o Botafogo e o América, Charles garante que nunca pensou deixar o Cruzeiro, mesmo sabendo não tendo garantias que receberia uma nova chance no time. “Alguns clubes tiveram o interesse de me contratar, mas preferi ficar aqui treinado separado, focado, esperando o Marcelo me dar essa nova oportunidade. Conversei com o Benecy (Queiróz), o Valdir (Barbosa) e o Marcelo  eles chegaram a um acordo para me reintegrar. Estou muito feliz, como se eu estivesse assinado um novo contrato”, comemora.

Sabendo que enfrentará uma grande concorrência pela vaga, o jogador está focado em aprimorar a parte física e brigar pelo seu espaço. “Não adianta treinar bastante e vir uma lesão. É treinar com foco, ver o que tem que melhorar. Acho que tem espaço para todo mundo e todos terão oportunidades”, conclui.

Para a posição, o técnico Marcelo Oliveira tem à disposição, além de Charles, os volantes Henrique, Eurico, Tinga, Williams, Felipe Seymour, Willian Farias e Bruno Edgar.

Leia tudo sobre: CharlesCruzeirovolantechancereintegrado