Treinador do Colo-Colo quer fazer bonito em estreia internacional

Ex-jogador, Tapia possui uma história ligada ao Cruzeiro; em 1997, ele esteve prestes a avançar à final da Libertadores, mas foi eliminado pela Raposa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Tapia teve uma passagem apagada pelo Cruzeiro em 2004
COLO-COLO/DIVULGAÇÃO
Tapia teve uma passagem apagada pelo Cruzeiro em 2004

O torcedor cruzeirense se recorda de Hector Tapia, jogador que acumulou uma passagem apagada pela equipe celeste em 2004. Hoje, o ex-atleta é o treinador do Colo-Colo, equipe chilena que enfrenta o Atlético nesta quarta-feira, em partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Tapia fará sua estreia como treinador na competição internacional, e diz estar bem preparado para o desafio frente à equipe que conquistou a América em 2013.

”É minha estreia internacional como técnico e um grande teste para nosso plantel, de começar com o pé direito e de nos fazer fortes em casa. Sabemos o que é o Atlético, eu o conheço, sabemos quem são os seus jogadores, gente que pode nos complicar. Mas tudo dependerá do que nós fizemos", afirmou Tapia.

Em entrevista ao jornal chileno "La Tercera", Tapia recordou a Libertadores de 1997, quando esteve prestes a chegar à final pelo Colo-Colo. Na ocasião, a equipe, comandada pelo técnico Gustavo Benítez, foi derrotada pelo Cruzeiro na disputa de pênaltis.

"Como jogador eu estive bem próximo de ganhar a Libertadores. Agora como técnico, já que eu tive a possibilidade de formar um grupo de jogadores extraordinário, faremos de tudo para ganhar esta competição", disse.

"Contamos com jogadores muito experientes no elenco, com participações na própria Libertadores, e também em eliminatórias", complementou.

Campeão da Libertadores em 1991, o Colo-Colo almeja encerrar o jejum de títulos no torneio internacional neste ano. “Temos um pouco de ansiedade. É um privilégio jogar a Libertadores e como já passou muito tempo desde que fomos campeões, isso gera uma vontade para que o jogo chegue logo, para competirmos em nível internacional", finalizou Tapia. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave