Anderson Silva depõe na Comissão Atlética de Nevada nesta terça-feira

Estas serão as primeiras declarações do lutador, que têm se mantido recluso desde que foi flagrado no antidoping por uso de drostanolona

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Flagrado no exame antidoping, Anderson Silva tem se mantido recluso
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/DIVULGAÇÃO
Flagrado no exame antidoping, Anderson Silva tem se mantido recluso

Chegou o momento de Anderson Silva dar explicações sobre a acusação de doping que abalou o mundo do MMA nas últimas semanas. Nesta terça-feira, a partir das 19h (de Brasília), o lutador prestará depoimento na Comissão Atlética do estado norte-americano de Nevada. Estas serão as primeiras declarações do Spider, que têm se mantido recluso desde que foi flagrado em dois exames antidopings por uso de drostanolona, um esteroide anabolizante, que melhoraria performance durante a luta. Um exame realizado no dia 19 do mesmo testou negativo para a substância.

A repercussão do caso fará com que o UFC transmita o depoimento de Anderson Silva ao vivo pela internet. Também nesta terça-feira, Nick Diaz, adversário do brasileiro na luta realizada no dia 31 de janeiro, no MGM Grand, em Las Vegas, também será ouvido pela Comissão Atlética. O norte-americano foi flagrado no exame antidoping por uso de maconha. 

Ambos os lutadores devem receber uma suspensão temporária até a próxima audiência da NSAC, que deve acontecer em março ou abril. Dana White, presidente do UFC. expressou toda a sua decepção com o caso. As palavras duras do dirigente evidenciaram a insatisfação da organização com um de seus maiores campeões. 

"Essa situação me arrasou por alguns dias. Eu era um grande fã de Anderson Silva, mas vamos esperar pela coletiva de imprensa quarta-feira em Las Vegas. Só posso dizer que muita coisa ruim vai acontecer. Nós não vamos falar sobre coisas divertidas, vamos falar sobre o que vem acontecendo recentemente, o que vamos fazer e o que vai acontecer daqui para a frente", finalizou Dana. 

Leia tudo sobre: ufcmmaanderson silvadepoimentocomissão atlética