Joaquim Barbosa defende demissão de ministro da Justiça

Mensagem publicada nas redes sociais pelo ex-ministro sugere que seguidores se mobilizem pela saída de José Eduardo Cardoso

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Ministro usou seu perfil para propor a exigência da demissão do atual Ministro da Justiça.
Reprodução/Twitter
Ministro usou seu perfil para propor a exigência da demissão do atual Ministro da Justiça.

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa defendeu na noite deste sábado (14) a demissão do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em mensagem divulgada em sua conta no Twitter.

Na publicação, ele sugere aos seguidores que se mobilizem para pedir a saída de Cardozo. "Nós, brasileiros honestos, temos o direito e o dever de exigir que a Presidente Dilma demita imediatamente o Ministro da Justiça", afirma.

Cardozo teve pelo menos três encontros, somente neste mês, com advogados que defendem empresas acusadas por investigadores da Operação Lava Jato, como a UTC e a Camargo Corrêa.

Os defensores das empreiteiras buscavam algum tipo de ajuda do governo para soltar os 11 executivos que estão presos há meses.

Cardozo é o principal interlocutor de Rodrigo Janot, o procurador-geral, que dirige o órgão responsável por acusações na Justiça.

O Supremo e o STJ vão julgar o mérito de pedido de habeas corpus desses executivos nos próximos meses. Pedidos de liminar para que eles fossem libertados já foram negados pelos dois tribunais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave