Bloco do Pena de Pavão de Krishna desfila pelo bairro Lagoinha

Cerca de 1.500 pessoas acompanham o grupo pela ruas da capital ao som do "Om" hindu; bloco com foliões pintados de azul passará pelo conjunto IAPI

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O bloco Pena de Pavão de Krishna enfrentou dificuldades para descer a rua Além Paraíba
LEO FONTES/OTEMPO
O bloco Pena de Pavão de Krishna enfrentou dificuldades para descer a rua Além Paraíba
Depois de se concentrar na praça 15 de junho, no bairro Lagoinha, o bloco Pena de Pavão de Krishna (PPK) levou mais de 1.500 pessoas para as ruas para desfilar na manhã deste domingo (15) de Carnaval. Pintados de azul como Krishna – considerado um deus na filosofia indiana – o grupo passou em frente ao Hospital Odilon Behrens e depois pelo conjunto IAPI.  "O bloco surgiu da nossa vontade de criar um grupo de afoxé, mas não somos nenhum terreiro, ou temos uma só religião. A ideia é levar cores para lugares cinzas", explica o regente Túlio Nobre.   A artesã Júlia Carvalho, de 67 anos, diz que sente-se muito feliz com o Carnaval fortalecido na capital mineira. "Vim com meus filhos e estou adorando, apesar de não ter muitos idosos aqui. Mas estou muito feliz que o Carnaval de BH ressurgiu, sempre fui animada e fazia muita falta", contou. "É belo o afoxé, todo mundo andando a pé", canta o hino do grupo que enfrentou dificuldades para descer a rua Além Paraíba. No ano passado, ao som do "Om" hindu, o PPK desfilou com mais de 2 mil pessoas pelo bairro Jardim América, na região Oeste.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave