No ar de todas as maneiras

Simone Soares comemora o fato de poder participar de produções em canal aberto e fechado ao mesmo tempo

iG Minas Gerais | anna bittencourt tv press |

Correria. Simone ressalta que estar em diferentes produções não chega a ser um problema para ela
CZN
Correria. Simone ressalta que estar em diferentes produções não chega a ser um problema para ela

Simone Soares sempre vê o copo meio cheio. Para a atriz, quanto mais trabalho, melhor. Por isso, ela não tem medo de se jogar em diferentes projetos quase que ao mesmo tempo. No fim do mês de fevereiro, a atriz aparece no último episódio de “Milagres de Jesus”, da Record, previsto para ir ao ar no dia 24. Na série bíblica, interpreta Herodíase, a devota mulher de Herodes, personagem de Victor Fasano. Já em “As Canalhas”, produção que estreia sua terceira temporada no GNT no próximo dia 3 de março, Simone viverá Isabelly. “A personagem é uma figura. Levanta a bandeira da abstinência sexual e tem um discurso cheio de não me toques”, diverte-se.

Estar em diferentes veículos não é um fator preocupante na carreira da atriz, que garante que não descarta trabalho. “Todo mundo fala que eu saí da Globo, mas não saí. Vou atrás de oportunidades, quero trabalhar. Onde me chamarem, eu vou”, garante.

Fã de séries e de canais a cabo, Simone já tinha feito uma pequena participação na primeira temporada de “As Canalhas”. Por isso, acabou voltando ao programa. “Infelizmente, não sou uma das canalhas, as protagonistas da produção. Não foi dessa vez”, lamenta. Para viver uma mulher militante do A.A., traduzido por “Adoramos Abstinência” na série, a inspiração veio através de várias pessoas que passaram por sua vida. “Sempre tem uma certinha, que prefere esperar”, ri. A gravação, realizada na desabilitada Faculdade Santa Úrsula, localizada na zona Sul do Rio de Janeiro, durou apenas um dia. A rapidez reforçou o desejo de Simone de arranjar um espaço maior nas produções do canal fechado. “Gravar esse tipo de programa, com uma pegada mais cômica, é maravilhoso. Você passa o dia todo rindo”, jura.

Já participar de “Milagres de Jesus”, segundo ela, foi um resgate às origens. A primeira aparição de Simone na TV foi em “A História de Ester”, exibida pela Record em 1998. “A caracterização me transportou para aquela época. Foi uma experiência incrível, diferente de tudo que já fiz”, valoriza ela, que estreou na teledramaturgia aos 11 anos, realizando um sonho. “Desde que nasci, sabia que queria trabalhar na TV”, exagera.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave