Levir indica Jô como substituto de Pratto contra o Colo-Colo

Outro que deverá ganhar vaga é Patric, que entrou na vaga de Marcos Rocha no duelo com o Democrata-GV

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

As imagens da vitória do Atlético sobre o Democrata
JOAO GODINHO O TEMPO
As imagens da vitória do Atlético sobre o Democrata

O técnico Levir Culpi praticamente confirmou a entrada de Jô no ataque no lugar de Lucas Pratto para a estreia do Atlético na Copa Libertadores. Patric deverá ser mantido na lateral direita no lugar de Marcos Rocha. "Ter um elenco com 35 jogadores se justifica neste momento. É claro que gostaria de contar com o Pratto e o Marcos Rocha para a partida contra o Colo-Colo, mas quem for jogar precisa aproveitar a oportunidade e nos ajudar", destacou, Levir, que elogiou a qualidade do atacante. "Nós conhecemos bem o que o Jô pode fazer e temos que acreditar nele.", completou.

Sobre a vitória no confronto contra o Democrata, Levir Culpi destacou que não foi como ele esperava.

"Depois que fizemos 2 a 0 não esperava que fossemos sofrer pressão. Estivemos perto de marcar o terceiro gol, mas o Democrata tem uma bola aérea muito boa e conseguiu chegar com perigo e diminuir. Mas, o resultado acabou sendo bom. Se tivéssemos vencido por três ou quatro gols teríamos que trabalhar com o ego dos jogadores. Após a partida, me reuni com eles e falei que não somos os melhores e ainda precisamos melhorar", disse.

Para a estreia na Libertadores, Levi Culpi disse que já tem algumas informações sobre o Colo-Colo.

"Eles têm um time parecido com o Atlético. Fizeram algumas mudanças no elenco e ainda estão acabando de de acertar, O certo é que a partida de quarta-feira vai ser um clássico Brasil x Chile e vamos encontrar muitas dificuldades. Esperamos poder fazer um bom jogo e conseguir um resultado positivo", declarou o treinador atleticano.

Os jogadores do Atlético voltam aos treinos na manhã deste domingo, no CT de Vespasiano. A viagem para o Chile acontece na segunda-feira de manhã.

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogalocampeonato mineirolevir culpi