Pena mínima de Oscar Pistorius pode chegar a 15 anos

Atleta foi condenado a cinco anos de prisão por homicídio culposo pela morte de Reeva e está preso desde outubro de 2013

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Oscar Pistorius começou a ser julgado pelo assassinato de sua namorado, no ano passado Foto: AP Photo/Marco Longari
Associated Press
Oscar Pistorius começou a ser julgado pelo assassinato de sua namorado, no ano passado Foto: AP Photo/Marco Longari

Dois anos após o assassinato da modelo Reeva Steenkamp, Oscar Pistorius pode ver sua pena aumentada para pelo menos 15 anos. A procuradoria-geral da África do Sul entrou com pedido para que Pistorius seja condenado por homicídio doloso.

O atleta foi condenado a cinco anos de prisão por homicídio culposo pela morte de Reeva e está preso desde outubro de 2013. Ele esperava cumprir o restante da pena em prisão domiciliar a partir de agosto, porém, caso o recurso protocolado na quinta-feira (12) seja aceito, deverá continuar recluso por pelo menos 15 anos.

Neste sábado (14), em entrevista ao jornal "The Daily Mail", a avó de Pistorius disse ainda ter orgulho do neto e rezar por ele.

"Nós rezamos pelo Oscar, nós amamos o Oscar e temos muito orgulho do Oscar. Ele é o mesmo rapaz maravilhoso que sempre foi", disse Gerti Pistorius, de 91 anos.

Reeva foi morta com quatro tiros através da porta do banheiro em que estava trancada na casa de Pistorius em 14 de fevereiro de 2013. O atleta alegou durante todo o processo (que durou sete meses) que acreditava que um ladrão estava no banheiro.

Leia tudo sobre: pena mínimaoscar pistoriusjustiçacrimeassassinato