Operação Lava Jato vira tema de fantasias no Galo da Madrugada

Personagens do esquema de corrupção na Petrobras marcam presença entre os foliões fantasiados; bloco espera reunir 2,5 milhões de pessoas e manter o posto de maior agremiação carnavalesca do mundo

iG Minas Gerais | Folhapress |

PE - CARNAVAL/GALO DA MADRUGADA - GERAL - Galpão do Galo da Madrugada, bloco que, em sua 38ª edição, trará novidades para o desfile do sábado de   Zé Pereira, no próximo dia 14, no Recife (PE). Com saída marcada para às 9h da manhã e com previsão de   nove horas de folia, o maior bloco do mundo, que em 2014 levou 2,5 milhões de pessoas ao centro do   Recife, terá novos carros alegóricos, homenagem à Eduardo Campos e até um casamento durante o desfile.    10/02/2015 - Foto: GUGA MATOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO
ESTADÃO CONTEÚDO
PE - CARNAVAL/GALO DA MADRUGADA - GERAL - Galpão do Galo da Madrugada, bloco que, em sua 38ª edição, trará novidades para o desfile do sábado de Zé Pereira, no próximo dia 14, no Recife (PE). Com saída marcada para às 9h da manhã e com previsão de nove horas de folia, o maior bloco do mundo, que em 2014 levou 2,5 milhões de pessoas ao centro do Recife, terá novos carros alegóricos, homenagem à Eduardo Campos e até um casamento durante o desfile. 10/02/2015 - Foto: GUGA MATOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Mal raiou o sábado de zé-pereira e já tinha folião vestindo a fantasia para se juntar ao Galo da Madrugada, que neste ano tenta repetir o posto de maior bloco carnavalesco do mundo.

Entre os primeiros foliões estavam personagens do esquema de corrupção na Petrobras, como o doleiro Alberto Youssef.

"Nós precisamos lavar dinheiro porque dinheiro sujo faz mal à saúde. Então vamos lavar dinheiro!", disse o personagem Alberto Pau de Selfie, encenado pelo professor recifense Ivo de Andrade Lima.

Quem também apareceu foi uma acionista frustrada Marta Pessoa, vestindo o característico macacão laranjado da Petrobras. Ela leva uma placa com as frases "E na Petrobras a desgraça continua". "Quer maior escândalo do que este? É o maior escândalo do mundo, vai entrar no livro dos recordes", disse a pernambucana.

Também chegou cedo na concentração do bloco o ex-presidente Lula, com uma algema no pulso e um capacete da Petrobras. "Eu não sei de nada, não vi nada", disse o sósia natalense Paulo Rogério, que há mais de dez anos se veste de Lula no Carnaval.

Outro Lula apareceu, segurando uma mala preta com uma foto do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, e a frase "Que saudade, Eduardo".

Outros foliões foram vestidos de Propino Brás, formando por 45 amigos que saem juntos no Carnaval desde 1984. Neste ano, todos vieram vestidos de frentistas com bombas de gasolina. "A Petrobras era nosso orgulhoso, e agora está ferido", disse Luís Fernando Miranda, um dos organizadores do grupo.

A concentração do Galo começou às 7h (horário local) no Forte das Cinco Pontas, em São José, bairro da região central do Recife. A partir das 9h, os 30 trios elétricos e seis carros alegóricos darão início ao desfile, que terá shows de Fafá de Belém, Nena Queiroga, Margareth Mernezes, Maestro Forró, Quinteto Violado e outros. A festa está prevista para terminar só depois das 18h.

Um grupo de amigos se vestiu de tomadas, o chamado bloco "Energia Fresca". A marchinha era cantada por todos os amigos: "faltando luz, faltando pão, faltando água, só não bote na nossa tomada".

Neste ano, o Galo da Madrugada espera reunir 2,5 milhões de foliões pelas ruas do centro e manter o posto de maior agremiação carnavalesca do mundo -título que perdeu em 2012 e 2013 para o carioca Cordão da Bola Preta, que espera receber neste sábado 2 milhões de pessoas.

O Galo chega à sua 38ª edição com uma homenagem ao compositor de frevo Carlos Fernando, autor de "Banho de Cheiro", que ganhou fama na voz de Elba Ramalho.

Uma das alegorias do Galo, batizada de Leões do Norte, irá homenagear o escritor Ariano Suassuna, o compositor Luiz Gonzada e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu em 2014, em plena campanha presidencial.

OUTROS CARNAVAIS Para quem quer fugir do gigante, há programações como o Dia da Diversidade, no Pátio de São Pedro, em homenagem ao público LGBT, com programação das 9h30 às 19h. Entre as atrações, estão a Orquestra de Frevo Só Mulheres, às 10h, e o show de Lia Morais, às 18h, e Luiza Possi, às 19h.

Outra opção é o festival de música alternativa Rec-Beat, que acontece de sábado (14) a terça (17) no Cais da Alfândega, a partir das 20h. Neste sábado, entre os destaques estão o grupo pernambucano DJ Dolores: Banda Sonora, às 22h, e o baiano Russo Passapusso, às 23h10.

A partir das 20h40 começam os shows no Marco Zero, principal polo carnavalesco no Recife. Os convidados deste sábado são a Orquestra Popular do Recife (20h40), Almir Rouche, Natiruts, Titãs e Gaby Amarantos.

Há ainda opções de blocos nas ruas do sítio histórico de Olinda, como Esses Boy Tão Muito Doido, às 15h, Ceroula de Olinda, às 16h, Eu Acho é Pouco, às 17h, e o Homem da Meia-Noite.