Camargo Correa demite 10% dos funcionários de sua sede em SP

Cerca de 50 colaboradores da empresa que atuavam no escritório da sede da companhia foram demitidos nos últimos dias

iG Minas Gerais | Folhapress |

A construtora Camargo Correa, envolvida no escândalo da Operação Lava Jato, informa que demitiu nos últimos dias cerca de 50 funcionários que atuavam no escritório da sede da companhia, em São Paulo.

O número equivale a 10% da equipe que trabalhava no local. A empresa informa também que, no final do ano passado, havia acordado com o proprietário da sede onde está localizada que devolveria um andar no imóvel, na avenida Faria Lima, ao locador.

Em todas as unidades no país, a empresa tem hoje cerca de 20 mil funcionários. A Camargo Correa não quis comentar sobre os impactos causados pelos desdobramentos da operação da Polícia Federal em seu faturamento neste ano.

Leia tudo sobre: Lava jato