Piloto brasileiro vacila em 1º treino oficial e fica em penúltimo

Francis Barros esqueceu de “soltar” fumaça e não fez um bom tempo na sessão qualificatória

iG Minas Gerais | Da Redação |

Barros completou sua volta no circuito aéreo de Abu Dhabi com o tempo de 1min6s736.
Divulgação
Barros completou sua volta no circuito aéreo de Abu Dhabi com o tempo de 1min6s736.

Abu Dhabi, Emirados Árabes. O brasileiro Francis Barros ficou em penúltimo lugar, nessa quinta-feira, no treino classificatório da Challenger Cup da Red Bull Air Race. Barros completou sua volta no circuito aéreo de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, com o tempo de 1min6s736. Foi a estreia do brasileiro na competição, e ele acabou penalizado em 1s por não ter soltado fumaça suficiente do avião durante as acrobacias. “Estava tão focado em fazer as acrobacias que eu esqueci de ligar a fumaça e acabei penalizado. Mas não vou esquecer amanhã”, explicou Barros. Na Air Race, os pilotos têm um controle dentro do avião que libera a fumaça durante as acrobacias, uma das exigências da competição. O pole-position foi o tchecos Petr Kopfstein (1min3s427). A prova começa amanhã às 7h (horário de Brasília). A mudança constante da direção dos fortes ventos sobre o litoral de Abu Dhabi deixaram o circuito da Air Race ontem bastante traiçoeiro para os pilotos. E vários dos “air gates” (pilões de ar) posicionados sobre a água azul-turquesa do Golfo Pérsico foram destruídos durante a sessão de treino. Master Class Na Master Class, principal categoria da Air Race, quem abriu a temporada na pole-position foi o piloto britânico Paul Bonhomme, que tem um engenheiro mecânico da UFMG, Paulo Iscold, como chefe de equipe. Nesta categoria, não há brasileiros particpantes. Bonhomme fechou o primeiro treino da temporada com a marca de 57s178. O segundo melhor tempo foi do austríaco Matt Hall (57s800), seguido pelo piloto japonês Yoshihide Muroya (59s093). Neste ano, a Air Race tem um novo formato de disputa. Os resultados de hoje determinaram os emparelhamentos dos 14 pilotos da Master Class, que se enfretarãoem duelos de mata-mata, desde a primeira bateria da corrida.

Leia tudo sobre: Red Bull Air Racepiloto brasileirotreino