Papa proclama novos cardeais neste sábado

Na lista de novos cardeais, figuram bispos que se dedicaram a pequenas dioceses, longe do centro de poder e junto a pessoas comum na América Latina, Ásia e África

iG Minas Gerais | AFP |

Pontífice afirma que seu rebanho
ASSOCIATED PRESS/GREGORIO BORGIA
Pontífice afirma que seu rebanho "precisa ter coragem de dizer 'não' a qualquer forma de corrupção e ilegalidade"

O papa Francisco proclamará neste sábado, durante uma cerimônia solene na basílica de São Pedro e na presença de seu predecessor Bento XVI, 20 novos cardeais, quinze deles eleitores.

Esta é a segunda promoção de cardeais que o Francisco proclama depois de sua eleição como pontífice em março de 2013.

Na lista de novos cardeais, figuram bispos que se dedicaram a pequenas dioceses, longe do centro de poder e junto a pessoas comum na América Latina, Ásia e África.

Os novos "príncipes da Igreja" representam 18 nações.

O número de membros do sagrado colégio sobe para 227, dos quais 125 são eleitores.

Os europeus, que nesta nova seleção perdem a maioria, contam com 57 eleitores; 36 proveem do continente americano  (18 da América do Norte, que inclui o México, e 18 da América Central e América do Sul), 15 da África, 14 da Ásia e três da Oceania.

No domingo, Francisco concelebrará a missa na Basílica de São Pedro com os novos cardeais. Um deles será designado para uma igreja em Roma.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave