Cunha pode entregar a TV Câmara a partido ligado a Igreja Universal

Entre os nomes cotados por Cunha, está o deputado Cleber Verde (PRB-MA), que é integrante da Frente Parlamentar evangélica

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Evangélico e atual presidente da Câmara, Eduardo Cunha, planeja colocar um comando político para a área de comunicação da Casa, segundo o jornal "Folha de S. Paulo". Controlado por servidores de carreira, o setor que conta com a TV, Rádio e Agência Câmara, pode ser liderado por um membro do PRB, ligado à Igreja Universal.

Entre os nomes cotados por Cunha, está o deputado Cleber Verde (PRB-MA), que apesar de se considerar católico é integrante da Frente Parlamentar evangélica.

A nova composição da Secretaria de Comunicação ainda é tema de debate entre técnicos da Câmara. A previsão é de que uma proposta seja apresentada à Mesa Diretora da Casa após o Carnaval.

Inicialmente, o plano seria criar um cargo de supervisor ou então, um conselho político, direcionado para assumir o controle dos meio de comunicação da Câmara, responsáveis pela divulgação das atividades internas. Na Casa, servidores da área de comunicação são resistentes à proposta de Cunha.

Através do seu perfil no Twitter, Eduardo Cunha postou uma mensagem confirmando sobre as "profundas mudanças" que devem afetar a TV Câmara.

 

Faremos profundas mudanças na TV Camara,que tem de se dedicar a cobertura das atividades parlamentares

— DeputadoEduardoCunha (@DepEduardoCunha) February 12, 2015

Leia tudo sobre: eduardo cunhaevangélicocâmaratv