Caipirinha + picolé = caipilé

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Caipirinhas do Boi Vindo: uva, lichia, limão caipira e picolé de uva
douglas magno
Caipirinhas do Boi Vindo: uva, lichia, limão caipira e picolé de uva

E como deixar o mais refrescante dos drinques ainda mais propício para as altas temperaturas? Simples: adicionando um picolé bem no meio do copo.

Foi o que fez o gastrônomo Joaquim Nunes Filho na recente reformulação do cardápio do Boi Vindo. “O picolé combina muito com o caráter tropical da caipirinha. É muito bom para provocar uma sensação nova e propiciar uma outra relação do cliente com o drinque. É um sucesso”, diz ele.

O segredo para a escolha do picolé certo para a caipirinha é pensar na harmonização. “Uma dica para não errar é escolher um sabor de alguma fruta que já esteja no copo, pensando que ela vai predominar”, explica.

Na avaliação de Joaquim, as melhores cachaças para a caipirinha vêm da região mineira de Salinas e Januária, no Norte do Estado. “O terroir é diferente. Elas trazem um sabor bem equilibrado ao paladar. Particularmente, considero um dos melhores produtos do Brasil”, opina.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave