PM liberta adolescente sequestrada por ex-namorado em Belo Vale

Vítima de 15 anos foi encontrada em hotel, às margens da MG-262, em Mariana, a 200 km de casa; inconformado com fim do namoro, suspeito a ameaçou com uma faca, a amordaçou e relatou em carta pensar em se matar

iG Minas Gerais | Gustavo Lameira |

Ex-casal foi localizado em hotel, às margens da MG-262, em Mariana
Divulgação/PM
Ex-casal foi localizado em hotel, às margens da MG-262, em Mariana

Um jovem de 21 anos foi preso por sequestrar a ex-namorada de 15, em Belo Vale, região Central de Minas, na tarde desta quinta-feira (12). O cativeiro provisório da vítima era um hotel à beira da MG-262, em Mariana, a cerca de 200 km do ponto em que eles se encontraram para uma conversa rápida.

A menor ficou em poder do ex-namorado por mais de 24h, chegou a ter uma faca apontada para a barriga, caso tentasse fugir, e foi amordaçada com fita crepe.

Conforme a  Polícia Militar (PM), o casal se relacionava há alguns anos, com o consentimento da família da menor, porém ela decidiu dar fim ao namoro. Em uma carta apreendida, ele relata não ter vontade de viver e fala em se matar.

Inconformado, após tentar reatar diversas vezes, ele marcou um último encontro com a vítima para o acerto de uma dívida em comum, de R$ 250. Ela se dispôs, e o esperou a caminho da escola, na cidade de Belo Vale, às 7h dessa quarta (11).

A conversa durou cerca de três horas. Ele ofereceu carona até a porta da escola, e no caminho anunciou o sequestro. Por sorte, em um momento de distração, a menor pegou o celular e avisou mãe sobre o que estava acontecendo. Ele percebeu, e jogou o telefone dela fora.

Segundo a capitão Erly Costa, da 239ª companhia de Mariana, as buscas e rastreamento aos dois celulares começaram a ser feita na tarde dessa quarta-feira "Eles rodaram direto, desde ontem (quarta), pararam algumas vezes para descansar e

abastecer, e só entraram em um hotel na rodovia dos Inconfidentes (MG-262), aqui em Mariana, às 5h de hoje (12), onde descobrimos o sinal do celular dele".

Ainda de acordo com a PM, no hotel, ele se apresentou como vendedor, viajante, e negociou o fechamento da diária, porque só poderia pegar a estrada novamente por volta das 19h. "Quando chegamos ao hotel, na recepção, passamos as características do carro, do casal, explicamos a situação e os funcionários nos informaram o quarto. Nós batemos na porta e, quando ele abriu, o prendemos e libertamos a menor", detalhou o capitão Erly.

Aos policiais, o suspeito disse que a ex-namorada aceitou viajar com ele, e também que não faria mal a ela. Ela negou, e contou ter sido ameaçada de morte com uma faca e amordaçada com fita crepe. A faca, o rolo de adesivo, a carta em que ele fala em se matar e o carro usado no crime foram apreendidos.

A polícia informou ainda que o jovem não tem antecedentes criminais, não aparentava ter feito uso de bebidas alcoólicas ou drogas e também que estava tranquilo.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Ouro Preto, na mesma região.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave