'Sou contra IPO da Caixa', diz Hereda sobre abertura de capital

Ele afirmou que discutiu o assunto com a presidente Dilma Rousseff, no momento de decidir sua saída, e entendeu da presidente que não há nenhuma decisão sobre o assunto

iG Minas Gerais | Folhapress |

Setor automotivo espera incrementar as vendas com taxas abaixo de 1%
Rodrigues Pozzebom/ABr
Setor automotivo espera incrementar as vendas com taxas abaixo de 1%

De saída da instituição, o atual presidente da Caixa disse que é contrário à abertura de capital da Caixa, ação estudada pelo governo para 2016.

"Sou contra o IPO da Caixa", disse Jorge Hereda, que será substituído no final do mês pela ex-ministra Mirian Belchior.

Isso porque o banco, que é 100% do governo, tem um papel importante de fomentar o crescimento em momentos adversos em que os bancos privados não têm apetite para o crédito, como em 2009.

"O que seria desse país se os bancos públicos tivessem tido o mesmo comportamento que os bancos privados", disse Hereda.

Ele afirmou que discutiu o assunto com a presidente Dilma Rousseff, no momento de decidir sua saída, e entendeu da presidente que não há nenhuma decisão sobre o assunto.

"A gente pode se arrepender", disse. "São 154 anos que essa discussão vem e volta", completou.

Para Hereda, faz mas sentido discutir a abertura de capital da Caixa Seguros, braço de seguridade do banco em parceria com a seguradora francesa CNP.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave