Facebook cria ferramente para amigo gerenciar conta em caso de morte

Acesso será restrito e as configurações, incluindo as de privacidade, continuarão a ser as mesmas escolhidas pelo usuário

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Facebook cria ferramente para amigo administrar perfil em caso de morte
Divulgação
Facebook cria ferramente para amigo administrar perfil em caso de morte

Muitos perfis de pessoas que já morreram continuam ativos e acaba sendo delicado para amigos e familiares. Pensando nisso, o Facebook criou uma ferramente em que o usuário poderá escolher uma pessoa para gerir a sua página, em caso de morte. Atualmente, em caso de morte, a rede social fornece um formulário e um processo longo para excluir o perfil.

Em comunicado, a gerente de produto da rede social Vanessa Callison-Burch, explica como excluir dados e proteger a identidade digital de pessoas mortas. "O Facebook é um lugar para compartilhar e se conectar com amigos e familiares. Para muitos de nós, é também um lugar para lembrar e homenagear aqueles que nós perdemos. Quando uma pessoa morre, sua conta pode se tornar um memorial da sua vida, das suas amizades e das suas experiências", diz.

A pessoa escolhida pode ser qualquer um dos seus contatos, como um membro da família ou um amigo, que poderá administrar algumas funções da sua conta. A partir do momento em que o Facebook for informado da morte de um dos membros, dará acesso ao contato escolhido para fazer um post que ficará fixado no topo da Linha do Tempo informando o ocorrido, assim como data e hora do funeral e outras homenagens e encontros religiosos; responder a novos pedidos de amizade de membros da família e amigos ainda não conectados; e atualizar a foto do perfil e foto da capa.

Também será possível dar permissão para baixar um arquivo com fotos, mensagens e dados do perfil. Já as configurações, incluindo as de privacidade, continuarão a ser as mesmas antes da morte.

Entretanto, o contato escolhido para cuidar da conta não será capaz de fazer o login como se fosse a pessoa que faleceu. Ou seja, não poderá fazer novos posts como se fosse a pessoa que morreu, ver suas mensagens privadas, ou mesmo enviar mensagens de qualquer espécie como se fosse ela.

Ainda de acordo com a rede social, é possível informar se você prefere ter a sua conta Facebook excluída permanentemente. Até o momento, era possível transformar uma conta em memorial, sem um novo administrador. O perfil fica mais protegido e marcações com o nome da pessoa ficam ocultas.

Quem tem acesso? A rede social informou que a função "Legacy Contact" chega primeiro aos Estados Unidos, e deve se expandir a mais países em breve. A ativação dela é opcional e pode ser feita por celular ou web.

Para quem usa a rede social em inglês, basta acessar as configurações, escolher "Security" e, em seguida, "Legacy Contact". A função é a última da lista e sugere que você "escolha um familiar ou amigo próximo para cuidar da conta caso aconteça algo". É possível enviar uma mensagem ao escolhido.

Leia tudo sobre: FacebookferramentemorteLegacy Contact