Holofotes para Stevie Wonder

Tributo ao cantor promovido pelo Grammy reúne estrelas do primeiro escalão do pop

iG Minas Gerais |

Presentes. Tony Bennett e Lady Gaga estavam entre os presentes no tributo a Wonder
KEVORK DJANSEZIAN
Presentes. Tony Bennett e Lady Gaga estavam entre os presentes no tributo a Wonder

Beyoncé, Tony Bennett e Pharrell Williams, entre outros astros pop, homenagearam Stevie Wonder na noite de anteontem, em Los Angeles. O tributo, promovido pelo Grammy, teve Beyoncé cantando “Fingertips”, música com a qual o menino prodígio de Detroit despertou atenção da gravadora Motown aos 12 anos. Em seguida, ela se uniu a Ed Sheeran para um mix de “Master Blaster” e “Higher Ground”.

Wonder, 64, recebeu 25 prêmios Grammy em sua carreira, mais do que qualquer outro artista. Ele também ganhou o prêmio de álbum do ano três vezes, todos na década de 70. “Eu vejo um monte de gente aqui”, brincou Wonder – que ficou cego logo depois de nascer – quando apareceu no palco do Nokia Theatre.

Tony Bennett cantou “For Once in My Life” e definiu Wonder como “um dos maiores artistas de jazz”. Lady Gaga, que também participou do tributo, disse que “as pessoas usam bastante a palavra gênio, mas Stevie Wonder realmente é um gênio”, antes de interpretar “I Wish”. Pharrell cantou “Do Not Worry ‘Bout a Thing” com Ryan Tedder, vocalista do OneRepublic. Já o tenor italiano Andrea Bocelli fez um solo de “I Just Called to Say I Love You”.

Annie Lennox, John Legend, Janelle Monae, Ariana Grande e Jennifer Hudson também estavam entre os artistas da noite. E apesar de todos os artistas que participaram do tributo terem realizado ótimas performances, acabaram ofuscados pelo próprio Stevie Wonder, que executou no fim um pot-pourri que incluiu “Superstitious” e “You Are the Sunshine of My Life”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave