Neymar perde pênalti, mas Barcelona vence Villarreal

Brasileiro desperdiçou cobrança, mas equipe venceu por 3 a1

iG Minas Gerais | AFP |

Barça conseguiu boa vantagem para o jogo de volta, que está marcado para o dia 4 de março
Divulgação/Barcelona
Barça conseguiu boa vantagem para o jogo de volta, que está marcado para o dia 4 de março

O Barcelona deu um grande passo para se classificar à decisão da Copa do Rei ao derrotar por 3 a 1 o Villarreal na partida de ida das semifinais da competição, nesta quarta-feira no Camp Nou, apesar de Neymar ter desperdiçado um pênalti.

É a segunda vez em dez dias que o Barça afunda o 'Submarino amarelo'. No dia 1º de fevereiro, os catalães tiveram mais dificuldade para vencer em casa por 3 a 2, pelo Campeonato Espanhol.

Como aconteceu naquele jogo, o técnico Luis Enrique escalou o jovem brasileiro Rafinha Alcântara como titular no lugar do croata Ivan Rakitic no meio de campo.

Ao contrário do que aconteceu no início do mês, o Barcelona impôs sua superioridade desde o início e criou diversas chances de gol.

A abertura do placar, porém, só veio aos 41 minutos de jogo com o argentino Lionel Messi, que aproveitou ótima jogada do uruguaio Luis Suárez para chutar de primeira da entrada da área.

Aos 2 minutos do segundo tempo, porém, Suárez falhou na saída de bola e Manu Trigueros, que entrou no fim do primeiro tempo no lugar do machucado Bruno Soriano, deixou tudo igual.

O time catalão não demorou para responder e, no minuto seguinte, Iniesta voltou a colocar o Barça na frente do placar com um chute colocado.

Asenjo frusta Neymar

Sabendo que o Villarreal é sempre um adversário duríssimo jogando em casa, o Barcelona partiu para o ataque em busca de uma vantagem mais ampla, de olho no confronto de volta, no dia 4 de março no El Madrigal.

O terceiro gol catalão saiu aos 19 minutos de jogo com o zagueiro Gerard Piqué, que subiu mais alto que a zaga do 'submarino amarelo' e marcou de cabeça, após cobrança de escanteio de Messi.

O Barça teve a chance de praticamente garantir a vaga na final da Copa do Rei aos 25 minutos, quando o argentino Mateo Musacchio colocou a mão na bola ao ser driblado pelo compatriota Messi.

O craque do Barcelona, que cobra todos os pênaltis e faltas no time, surpreendeu a todos ao deixar Neymar bater, talvez dando a oportunidade ao colega, que tem 4 gols na competição, tentar alcançar à artilharia da competição, atualmente nas mãos de Iago Aspas (7 gols), do já eliminado Sevilla.O brasileiro, porém, acabou desperdiçando a cobrança, sendo parado pelo goleiro Asenjo, que voou para defender.

Barcelona e Villarreal duelam para chegar à final da Copa do Rei, na qual um dos dois enfrentará o vencedor do confronto entre Espanyol e Athletic Bilbao, que medem forças na primeira partida da semifinal ainda nesta quarta-feira.

O jogo de volta está marcado para o dia 4 de março, no estádio El Madrigal. Por ter marcado um gol no Camp Nou, o 'Submarino Amarelo' pode se classificar com vitória por 2 a 0. O Barça pode se dar o luxo de perder por um gol de diferença.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave