Ministro brasileiro vai à Argentina tentar recuperar exportações

A expectativa é que os dois países acertem um novo acordo para o comércio de veículos até junho deste ano

iG Minas Gerais | Folhapress |

Novo ministro, Mauro Vieira, terá como primeira missão conferência na China
Wilson Dias/Agência Brasil
Novo ministro, Mauro Vieira, terá como primeira missão conferência na China

O ministro Mauro Vieira (Relações Exteriores) começa nesta quarta (11) uma visita de dois dias à Argentina, principal parceiro comercial do país no Mercosul.

A expectativa é que a visita do chanceler quebre o gelo na relação entre os dois países. No ano passado, as exportações brasileiras para o vizinho recuaram 27%, afetadas principalmente pelo mau desempenho do setor automotivo. As vendas argentinas para o Brasil também recuaram 20%, em 2014.

A expectativa é que os dois países acertem um novo acordo para o comércio de veículos até junho deste ano.

Brasil e Argentina passam por dificuldades econômicas neste momento. Com a economia estagnada, o Brasil precisa aumentar suas exportações para voltar a crescer. Já a Argentina não pode importar, porque sofre com a falta de dólares em razão de uma crise cambial que se tornou mais severa nos últimos dois anos.

Vieira pode contribuir em melhorar o diálogo entre os dois países porque foi embaixador na Argentina por muitos anos (entre 2004 e 2010) e conhece os membros do governo Cristina Kirchner.

Ele será recebido pelo chanceler Héctor Timerman, que está no centro da atual crise política argentina. Ele, além da presidente Cristina Kirchner e de outros aliados do governo, foram acusados pelo promotor Alberto Nisman de conspirarem para supostamente proteger iranianos envolvidos no atentado à entidade judia Amia, em 1994.

Nisman apareceu morto no seu apartamento um dia antes de apresentar a denúncia no Congresso. Além de Timerman, Vieira deverá se encontrar com o ministro da Economia, Axel Kicillof, com o chefe de gabinete, Jorge Capitanich e outros ministros.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave