Novo presidente do BB reafirma promessa de rentabilidade a acionistas

Segundo Alexandre Abreu, esse compromisso não é incompatível com o "espírito público" e a função estratégica do banco

iG Minas Gerais | Folhapress |

Alexandre Abreu, novo presidente do Banco do Brasil
Wilson Dias/Agência Brasil
Alexandre Abreu, novo presidente do Banco do Brasil

O novo presidente do Banco do Brasil, Alexandre Abreu, reafirmou o compromisso da instituição com os acionistas minoritários, prometendo aumento de rentabilidade e de eficiência. Segundo Abreu, esse compromisso não é incompatível com o "espírito público" e a função estratégica do banco, definida pelo governo federal, acionista controlador da instituição.

O novo presidente do BB disse ainda que o banco está preparado para ajudar a manter o funcionamento de obras de infraestrutura e de projetos do setor de óleo e gás que, eventualmente, possam ser prejudicados devido aos desdobramentos da operação Lava Jato. "Não vejo incompatibilidade no compromisso de aumentar a rentabilidade com esse espírito público", afirmou.

O BB é o maior credor da Petrobras e o banco que mais empresta ao setor de óleo e gás, além das construtoras. O banco fez empréstimos de R$ 41 bilhões ao setor de óleo e gás, cerca de 5% do volume de financiamentos. Na construção, o percentual é de 2,1%. "É compatível com a participação de mercado nossa e com o tamanho desses setores", disse.

Segundo Abreu, as provisões de crédito do banco são "conservadoras" e estão adequadas para enfrentar eventuais problemas no setor. O BB não fez provisões extraordinárias para o segmento.

Leia tudo sobre: economiapresidenteAlexandre Abreubanco do brasil