Três estudantes muçulmanos da mesma família são assassinados nos EUA

Polícia prendeu o responsável pela morte dos jovens na cidade universitária de Chapel Hill, na Carolina do Norte (leste), informou a imprensa

iG Minas Gerais | AFP |

Perfil no Facebook foi criado com foto dos três jovens muçulmanos assassinados nos Estados Unidos
Reprodução/Facebook
Perfil no Facebook foi criado com foto dos três jovens muçulmanos assassinados nos Estados Unidos

A polícia prendeu o responsável pela morte de três estudantes muçulmanos de uma mesma família na cidade universitária de Chapel Hill, na Carolina do Norte (leste), informou a imprensa americana nesta quarta-feira (11).

O autor dos disparos, identificado como Craig Stephen Hicks, de 46 anos, foi levado à prisão do condado de Durham depois de ter se entregado à polícia, informou o Chapel Hill News & Observer.

O jornal acrescentou que as vítimas foram identificadas como Deah Shaddy Barakat, de 23 anos, sua esposa Yusor Abu-Salha, de 21, e a irmã dela, Razan Abu-Salha, de 19.

A imprensa afirma que Barakat era estudante do segundo ano de odontologia nessa instituição, enquanto sua esposa planejava ingressar no mesmo curso neste ano.

Já Razan Abu-Salha estudava na universidade estatal da Carolina do Norte, segundo o jornal universitário, o Daily Tar Heel.

Um perfil no Facebook chamado "Our Three Winners" (Nossos Três Vencedores) foi criado com uma foto na qual os três jovens aparecem. A polícia não esclareceu os motivos do triplo assassinato e não respondeu às tentativas de contato da imprensa.

No entanto, divulgou em seu site um comunicado no qual confirmou a morte dos jovens dizendo que o departamento estava "interrogando uma pessoa de interesse no crime e tem motivos para acreditar que não existe uma ameaça para o público".  

Leia tudo sobre: muçulmanosassassinatoeuajovem