Governo paga R$ 230 mil para bancar festa privada com Bell Marques

Festa, chamada de Ensaio Geral, aconteceu no último sábado (7) na praia do Forte, uma das vilas de maior fluxo turístico do Estado e reduto das famílias ricas de Salvador no verão

iG Minas Gerais | Folhapress |

Governo baiano paga R$ 230 mil para bancar festa privada com Bell Marques
Divulgação
Governo baiano paga R$ 230 mil para bancar festa privada com Bell Marques

Uma semana antes do Carnaval, o governo da Bahia firmou contrato de patrocínio de R$ 230 mil para uma festa privada produzida pelo cantor de axé Bell Marques.

A festa, chamada de Ensaio Geral, aconteceu no último sábado (7) na praia do Forte, uma das vilas de maior fluxo turístico da Bahia e reduto das famílias ricas de Salvador no verão.

Os ingressos para a festa custaram R$ 90 a meia-entrada e R$ 180 a inteira. O Ensaio Geral teve shows da banda Aviões do Forró, de Bell Marques e da banda Oito7Nove4, formada pelos filhos de Bell.

O contrato de patrocínio foi firmado com inexigibilidade de licitação entre a Bahiatursa, órgão da secretaria estadual do Turismo, e a Cara Caramba Produções Artísticas, que tem Bell Marques como um dos sócios.

Presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado argumentou que não há contradição no fato do poder público bancar festas privadas.

"É uma festa tradicional e que cerca de 30% do público é formado por turistas. Por isso, fizemos lá uma ação promocional do 'destino turístico Bahia'", afirmou.

Medrado também alega que "não é a primeira vez" que o governo patrocina eventos pré-carnavalescos privados e cita como exemplo o Festival de Verão.

Ainda alega que o contrato para o "Ensaio Geral" inclui uma parceria com o cantor Bell Marques, que se comprometeu em divulgar a Bahia nos próximos dez shows que fizer fora do Estado.

Procurado pela reportagem, Joaquim Nery - um dos sócios da Cara Caramba Produções - afirmou que o "Ensaio Geral" é uma festa com 30 anos de tradição e que teve outros três patrocinadores privados.

Camarote

Esta não é a primeira vez que o governo baiano patrocina eventos de Carnaval privados. Há três anos, na gestão de Jaques Wagner (PT), o governo patrocinou o camarote Boteco Marta Góes, cuja madrinha era a ex-primeira-dama Fátima Mendonça.

O camarote, que é restrito a convidados, recebeu R$ 200 mil da estatal Bahiagás e R$ 200 mil da Embasa, empresa estadual de água e saneamento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave