Cantor colombiano se defende após publicar fotos da festa de CR7

Kevin Roldán disse que postou imagens porque teve orgulho de ser contratado por Cristiano Ronaldo e negou ser pivô de briga

iG Minas Gerais | Da redação |

Kevin Roldán disse que festa não comprometeu jogadores
Instagram/Reprodução
Kevin Roldán disse que festa não comprometeu jogadores

Acusado de ser pivô das brigas envolvendo Cristiano Ronaldo e o Real Madrid, o cantor colombiano Kevin Roldán disse que não foi proibido de divulgar as fotos da festa de aniversário do craque português. Em nova postagem no Instagram, o artista afirmou que só publicou as imagens porque teve muito orgulho de ser contratado por CR7 e defendeu direitos de atletas de festejarem.

“Estou muito orgulhoso de ter sido contratado pelo Bola de Ouro e craque do futebol mundial, Cristiano Ronaldo, para cantar minhas músicas em seu aniversário, e claro que minha intenção ao publicar as fotografias foi unicamente para mostrar aos meus seguidores uma conquista que me enche de felicidade. A festa não compromete aos jogadores, e considero que como seres humanos, antes de serem famosos, têm todo o direito de comemorar sem desrespeitar os outros. Além disso, claro que não fui apenas eu que fotografei e filmei, na festa muitos convidados também o fizeram, e nenhum dos assistentes, incluindo eu, foi proibido. Nunca disseram que não podiam postar o conteúdo do evento”, desabafou Roldán.

A resposta foi direcionada a Jorge Mendes, empresário de Cristiano, que disse que a festa tinha caráter privado.

Toda a polêmica acontece porque momentos antes da festa, o Real Madrid havia sido goleado pelo rival Atlético de Madrid, em clássico válido pelo Campeonato Espanhol. Muitos atletas do plantel merengue estiveram na confraternização do português, o que gerou de desconfianças de que os jogadores não esiveram concentrados para o duelo.  

Leia tudo sobre: cristiano ronaldocr7real madridbrigafestaaniversáriokevin roldán