Após rombo, código de ética é alterado

iG Minas Gerais |

Brasília. A Petrobras incluiu em seu manual de contratação dispositivo que obriga empregados e empresas fornecedoras da estatal a observarem princípios de ética e transparência nas relações com a empresa.

O novo documento prevê que: “A Petrobras e as empresas fornecedoras de bens ou prestadoras de serviços devem respeitar as disposições contidas no Código de Ética do Sistema Petrobras, no Guia de Conduta e na Política de Responsabilidade Social”.

Depois dos desdobramentos da Lava Jato, a empresa busca iniciativas para garantir boa governança.

Além de regras e modalidades de contratação, o documento também traz as sanções às empresas que negociarem com a estatal e praticarem atos ilícitos lesivos à empresa ou que lhe causem prejuízo. A empresa pode ser multada, ter o contrato suspenso ou ser impedida de participar de novas concorrências.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave