Internautas mudam suas formas de agir

iG Minas Gerais |

Nayane*, 29, aceitou o cargo de empresária de uma ex-BBB. O que ela não sabia é que iria se arrepender da escolha. “(Os fãs) chegaram a inventar boatos a meu respeito. Por exemplo, que eu estava armando tudo pelas costas do namorado da cliente para ficar com ela. Um absurdo”, lembra a moça. Os fãs da ex-BBB chegaram a ameaçar Nayane de tirar seu emprego e enviaram SMS em seu celular com xingamentos. “Nunca mais trabalhei com reality shows”, revela.

A professora e jornalista Sílvia Amélia de Araújo, 34, mantinha um blog em que dava conselhos sentimentais às leitoras. Mas nem sempre os retornos eram tão respeitosos como ela gostaria. “Fiz um post para uma menina que tinha depressão. Ela adorou a resposta. Mas alguém, nos comentários, disse que se eu morresse seria bom para o mundo”, diz.

As ofensas fizeram Sílvia mudar de postura nas redes sociais. “Só aceito quem me manda um recado, dou uma conferida na página da pessoa e vejo se as ideias dela combinam com as minhas”. (RS)

*Sobrenome ocultado a pedido da fonte.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave