‘Não me vejo como cantor’

iG Minas Gerais |

Bob Wolfenson/Gol/Divulgação
undefined

PAULINHO DA VIOLA comemora 50 anos de carreira em grande estilo. Ele desfila pela Portela no Carnaval, sai em turnê pelo Brasil, lança caixa de discos e site novo e faz uma confissão: “Sempre me vi como um violonista que cantava algumas músicas de si mesmo e dos outros. Eu canto, mas não me vejo como cantor”, disse ele, em bate-papo com a revista “Gol – Linhas Aéreas Inteligentes”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave