Marcelo Oliveira sente falta de Arrascaeta em campo

Treinador do Cruzeiro admitiu faltar um armador na equipe e aposta que exibição no Mineirão poderia ter sido diferente com a presença do meia uruguaio

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Marcelo Oliveira, que comandou a Raposa na Libertadores 2014, tem uma nova chance de buscar o título em 2015
Associated Press
Marcelo Oliveira, que comandou a Raposa na Libertadores 2014, tem uma nova chance de buscar o título em 2015

Sem poupar seu elenco de críticas, o técnico Marcelo Oliveira reconheceu que o Cruzeiro ainda precisa de mais entrosamento, após a exibição abaixo da média no empate em 1 a 1 com a Caldense, neste domingo (8), no Mineirão. Para o treinador, a principal ausência sentida pela equipe estrelada foi do meia-uruguaio Arrascaeta, que será a referência de criação no time azul.

"O Arrascaeta era o jogador para este jogo, que movimenta, tem criatividade e finalização. Era o jogo dele. Ele não ia resolver o jogo sozinho, mas iria criar um novo envolvimento para o time", disse. Marcelo Oliveira ainda criticou o atraso para a estreia do principal contratação celeste na temporada 2015, causada por falta de documentos que impediram o uruguaio de entrar em campo hoje. "Ele chegou dia 22 de janeiro, mas até hoje não foi regularizado. Ele estava no BID (Boletim Informativo Diário), mas saiu pela falta de documentos. O Lucas Silva saiu daqui e em uma semana estava no banco (do Real Madrid) para jogar. Poderia ser diferente", criticou o técnico.

Sobre o restante do elenco, apesar de apontar as falhas coletivas do time, Oliveira disse trabalhar para estrear bem na Libertadores, no próximo dia 25 de fevereiro, contra o Universtiário Del Sucre, na Bolívia, e conseguir montar o time titular até lá. "Vamos ter Copa Libertadores muito próxima, o ideal seria que não houvessem tantas mudanças (no elenco). O time de hoje teve volume, mas teve pouca criatividade, tecnicamente falhou bastante. Eu não gosto de fazer pedido ao torcedor porque eu entendo a posição dele. Ele vem ver a vitória do time em qualquer circunstância. Cabe a nós melhorar e ajustar", completou Oliveira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave